Skip to content

Autenticidade e Transparência na rede, uma utopia?

June 20, 2011

Um primeiro pensamento sobre a  autenticidade e transparência das redes sociais, remete-nos para as interacções grupais e colectivas que o ser humano estabelece no seu contacto com os outros e a forma como estas interacções ocorrem.

A análise dos comportamentos colectivos só será entendida com base na ideia de identidade individual de cada um dos elementos que constituem essas redes.

Associamos identidade, ao conjunto de características e atributos que nos difere e que nos caracteriza enquanto indivíduos. No entanto e segundo Castells (1999) não significa necessariamente que o indivíduo seja incapaz de se relacionar com os outros ou de representar toda a sociedade sob essa identidade.

Essa capacidade de nos relacionarmos e de criarmos pontos de ligação com os outros, influencia-nos e redefine a nossa própria identidade.

O advento das redes sociais e o peso que as mesmas assumem actualmente  em grande parte da população leva-nos a pôr em causa o constructo de que a individualidade estaria totalmente constituída e se manteria fixa  a partir de uma determinada fase do nosso crescimento.

É importante que a identidade que apresentamos nas nossas redes sociais virtuais não descure factores que assumimos nas redes sociais reais. Como referem (Lopes e Cunha, 2011) as redes sociais não deverão ser utilizadas de uma forma perversa e pouco transparente, escondendo os nossos propósitos pressupondo que que os fins justifiquem os meios.

Embora seja o desejável todos os dias somos confrontados com situações que nos dizem que tal não acontece. Os comportamentos e atitudes on-line nem sempre sinónimo daquilo que é assumido na vida real, sendo por vezes inadequados e  desrespeitadores para com os outros utilizadores.

Esta vertente negativa de uma dupla ou múltipla personalidade, é acentuada com o carácter anónimo que a participação em determinados domínios da rede pode assumir.

No seguimento deste raciocínio, somos confrontados com questões como a transparência e a autenticidade, e como poderão ser uma extrapolação da forma como o indivíduo deseja ser visto perante os outros e daquilo que desvenda do seu próprio eu.

Até que é que ponto a identidade que assumimos é autêntica?

A participação autêntica na web é afectada pelas conexões que estabelecemos e de como por vezes as duas realidades, real e virtual se cruzam e confundem.

Ser autêntico, implicaria uma tranversalidade que por vezes se revela impossível, face ao confronto entre as relações reais e as relações virtuais e às diferentes identidades criadas, especialmente no mundo virtual.

O aumento da participação colectiva na rede, conduz a um aumento exponencial da informação disponível, centrando-se o desafio na selecção e autenticação dessa informação.

Como poderemos então garantir que determinada informação é autêntica e que os conteúdos publicados são alvos de um controlo rigoroso e não violam constrangimentos legais podendo eventualmente tratar-se um caso de fraude intelectual?

Acredito na evolução dos mecanismos e ferramentas que poderão garantir esta protecção e no papel fundamental que desempenharão na protecção, segurança e qualidade das conexões estabelecidas e conteúdos disponibilizados na rede. Mas será suficiente para acompanhar o crescimento exponencial que a mesma apresenta diariamente?

Referências Bibliográficas:

CASTELLS, M. (1999). A Sociedade em Rede. A Era da Informação: Economia, Sociedade e Cultura, Vol. I, 8 ed. São Paulo. Paz e Terra.

LOPES,M e CUNHA.M (2011) O Mundo é Pequeno, O que podemos aprender sobre o networking e as redes sociais, Lisboa, Actual Editora

http://yuri.typepad.com/yuri_blog/2007/03/on_authenticity.html

http://microsoft.academia.edu/AliceMarwick/Papers/400482/Selling_Your_Self_Online_Identity_In_the_Age_of_a_Commodified_Internet

http://www.futureagenda.org/pg/cx/view#403

http://networkconference.netstudies.org/2010/05/why-the-number-of-people-creating-fake-accounts-and-using-second-identity-on-facebook-are-increasing/

http://stevecheney.posterous.com/how-facebook-is-killing-your-authenticity

http://www.outsidethebeltway.com/facebook-comments-and-the-authenticity-of-multiple-identities/

No comments yet

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: